Estudos mostram que dentes ruins fazem United e Barça marcarem menos gols

“É muito raro a halitose vir do estômago”, diz especialista
junho 18, 2015
Não tente abrir nada com os dentes !
fevereiro 1, 2016
A saúde dental pode ser a explicação para a fase ruim do Manchester United no quesito gols, já que a equipe britânica não anda tendo um bom aproveitamento. Segundo estudo do University College of London, publicado no British Journal of Sports Medicine, a falta de cuidado com a boca dos atletas está diretamente relacionada com o desempenho em campo.

>O estudo foi feito com oito equipes de futebol da Inglaterra e País de Gales (incluindo o Manchester United) detectou que um em cada cinco jogadores de elite admitem que a saúde bucal tem um impacto negativo em sua qualidade de vida.

A falta de cuidados com a higiene bucal afeta a qualidade de vida e o bem-estar de jogadores.

“Os números são assustadores: a maioria absoluta dos atletas tem problemas nas gengivas (77% têm gengivite, 80% têm periodontite irreversível). Além disso, 40% dos analisados estavam com cáries no dia do exame, e mais da metade apresentou erosão dental.”

“A falta de cuidados com a boca afeta a qualidade de vida e o bem-estar dos jogadores”, resumiu o responsável pelo estudo, Ian Needleman.

De acordo com o dentista, problemas como infecções e abcessos, dor de dente e sensibilidade nas gengivas afetam a qualidade do sono e da alimentação, dois fatores decisivos na vida de um esportista de alto nível.

“Está provado cientificamente que doenças orais, especialmente as de gengivas, podem provocar inflamações no resto do corpo”, explicou Needleman.

De acordo com o estudo, uma das explicações para os diversos problemas dentais dos atletas britânicos são o consumo excessivo de bebidas isotônicas, ingeridas diariamente pelos jogadores de futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *